Programa Advocacia Empreendedora Sebrae e OAB

Quer abrir um escritório de advocacia ou uma sociedade de advogados? Conheça o programa Advocacia Empreendedora!

Canudo na mão e a garra necessária para colocar as ideias de ser seu próprio chefe em prática, exercendo a profissão escolhida: muitas vezes, esses parecem ser requisitos suficientes para seguir o caminho do empreendedorismo e abrir a sua sociedade de advogados. No entanto, nem sempre os conhecimentos teóricos adquiridos na faculdade são o bastante para manter um negócio funcionando, principalmente quando se esbarra em alguns detalhes que fogem do campo de especialização estudado. É o caso de um escritório de advocacia (ou sociedade de advogados).

Porém, se você está nessa situação e não sabe como começar a agir, aqui vai uma boa notícia: a OAB-SP e o Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de São Paulo) firmaram uma parceria focada precisamente nesta área, preenchendo essa lacuna e aumentando as chances do seu sucesso. No dia 20 de maio, essas instituições lançaram o Advocacia Empreendedora, que prevê  o fomento de ações voltadas ao desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios de advocacia, seja abrindo um escritório de advocacia ou abrir uma sociedade de advogados.

Vale ressaltar que o convênio prevê tanto a parte de divulgação do escritório quanto eventos, planejamento e avaliações de acompanhamento periódicas, oferecendo orientações aos profissionais do segmento sobre gestão e empreendedorismo.

Advocacia Empreendedora: conheça o conteúdo do programa

Os cursos, que serão ministrados a distância, abordam matérias como Marketing, planejamento, finanças e Recursos Humanos. Em paralelo, há ainda a cartilha “Comece Certo: Escritórios Jurídicos”. Todo o conteúdo poderá ser acessado diretamente no site da OAB-SP. Cada módulo tem a duração de três horas e os interessados podem visualizá-lo quando lhe convier, já que as informações do programa ficam disponíveis em tempo integral na web. Concluindo o curso, o profissional receberá um certificado.

Formação múltipla ao profissional

A exemplo do que ocorre com outras profissões, o empreendedorismo também pode fazer parte da rotina de um advogado, que se vê às voltas com termos como fluxo de caixa, custos fixos do escritório, gestão de recursos humanos e outros conceitos típicos da administração. Por este motivo, a capacitação oferecida pelo Advocacia Empreendedora visa suprir as dúvidas gerenciais do profissional. Só em São Paulo, são mais de 260 mil advogados ativos e outros 12 mil em sociedades. Esses negócios são numerosos e representam uma fatia importante na geração de empregos do país.

É interessante acrescentar, ainda, que a parceria prevê, para o segundo semestre, a opção de download da cartilha com princípios e conceitos de empreendedorismo.O acesso ao curso é gratuito, basta fazer uma inscrição no site, preenchendo um cadastro online. O programa é direcionado para donos de escritório de qualquer porte, desde os maiores até profissionais iniciantes que começam dentro de casa.

Como em qualquer outra profissão, a advocacia demanda a especialização não apenas nos conhecimentos técnicos do setor – o domínio de áreas diversas e extracurriculares agregam na hora de dar vazão à veia empreendedora. Copa do mundo, eleições, marco civil da Internet e outros temas atuais são também responsáveis por criar novas perspectivas de negócios para escritórios jurídicos. Fique de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *