6 Dicas Para Escolher Seu Escritório Contábil

Um empreendedor que visa ao crescimento da sua empresa precisa ter conhecimento profundo sobre a situação econômico-financeira do negócio. A contabilidade deve ser encarada como um recurso valioso de gestão, e não como uma obrigação enfadonha. Entre as várias vantagens de uma boa análise contábil está uma melhor compreensão dos custos e das despesas da empresa, além da rentabilidade do capital investido. Com essas informações, o empreendedor pode direcionar melhor suas decisões e seus aportes.

Outros benefícios de uma boa gestão contábil são a possível redução da carga tributária incidente sobre a empresa. Com uma boa orientação de um contador, o empresário pode escolher o regime de tributação mais adequado para o negócio em determinado momento. Algumas indicações que também podem auxiliar o empresário são quanto ao nível de endividamento – se está adequado – e se o negócio está realmente dando lucro.

Escolher uma boa assessoria contábil é fundamental nesse processo. Confira os passos para assegurar o melhor acompanhamento para o seu negócio.

1. Como escolher um escritório de contabilidade?

Iniciar a sua busca pela internet é um passo válido, mas verifique sempre se a empresa é real, se tem CNPJ e inscrição no CRC como pessoa jurídica. Um escritório contábil tem registro próprio no CRC, por isso, exija esse registro.

Indicações de bons serviços são geralmente úteis. É possível, também, buscar indicações de empresários conhecidos que estejam satisfeitos com o trabalho de suas empresas contábeis.

Uma dica adicional que damos para a sua escolha do seu escritório de contabilidade é você verificar a consistência das informações passadas e a organização da empresa. Um escritório contábil deve ser completamente organizado e com total transparência em suas ações para conseguir lidar com a informação contábil de centenas de clientes. Por isso, verifique pontos como:

  • O site do escritório contábil é bem estruturado?
  • O profissional que você tem contato quando negocia é um contador registrado no CRC ou não? Se não for, é um sinal ruim para a sua empresa.
  • A proposta é bem detalhada?
  • Tudo o que foi prometido será colocado em contrato para a sua garantia?

Esses detalhes são muito importantes. Preste máxima atenção neles.

2. Encontrei um escritório. Como proceder?

É necessário consultar o Conselho Regional de Contabilidade (CRC) da região de sua empresa para checar se tanto o escritório contábil como seus responsáveis estão devidamente inscritos e regulares no exercício das suas funções.

O exercício da profissão contábil sem o devido registro é crime e você não terá nenhum tipo de garantia e/ou certeza de que o profissional não regular tenha o conhecimento necessário. Evite prejuízos, consulte o CRC de sua região!

6 Dicas Para Escolher Seu Escritório Contábil3. Quanto devo pagar de honorários?

Os valores podem variar bastante de acordo com os serviços demandados. A Fenacon recomenda levantar um orçamento com alguns escritórios e então avaliar o custo- benefício de cada um deles. Não existe regra certa a respeito do que abrange o serviço de contabilidade.

Mas lembre-se da máxima: quem paga mal, paga duas vezes. Por isso, atenção total quando um dos orçamentos obtidos for muito abaixo dos outros, aqui literalmente o barato pode sair caro. Afinal, se você tiver algum problema com a contabilidade em determinado período e ter que contratar outro escritório para corrigir o erro anterior, você pagará por esse serviço adicional e, literalmente, pagará duas vezes pelo mesmo serviço.

Por isso, aqui na Contabilidade Sem Fronteiras temos uma política de preço justo. Confira solicitando um orçamento sem compromisso e comprove nossa qualidade e preço justo!

4. Como deve ser o acompanhamento?

Independentemente de ter contratado um serviço de contabilidade, um empresário precisa conhecer minimamente os tributos e os encargos que incidem na atividade da empresa e acompanhar o recolhimento dos valores. Ele deve solicitar periodicamente à empresa contábil a certidão negativa dos principais órgãos (Receita Federal, Secretaria da Fazenda e Prefeitura Municipal), que é um dos indicativos de que a empresa não possui pendências. É bom, também, pedir com frequência um balancete.

Aqui na Contabilidade Sem Fronteiras, por padrão, já fornecemos semestralmente a nossos clientes uma Certidão Negativa de Débitos e também diversos relatórios como DRE e balancentes para nossos clientes acompanharem o andamento financeiro/contábil de sua empresa. Além disso, você conta aqui com uma exclusiva Central do Cliente onde poderá acompanhar toda documentação de sua empresa, todas as guias de impostos geradas e enviadas, todas as mensagens trocadas com informações e muito mais. Tudo devidamente protocolado digitalmente.

É de suma importância esse acompanhamento pois dará a você, empreendedor, uma visão completa e atualizada da operação de sua empresa e se a tendência da operação é de lucro ou prejuízo.

Desde o início, é importante acordar em contrato reuniões frequentes com os profissionais do seu escritório de contabilidade. O acompanhamento ideal seria diário. Mas, como isso não é sempre possível, é indicado ao menos um encontro por mês. Essa reunião é importante, nem que seja para tomar um café e ter um panorama geral de como andam as finanças. Isso agrega valor ao trabalho de ambos os lados.

5. Com quem ficam os documentos?

A documentação de sua empresa deve ser sempre guardada em sua sede. O que é comum ser realizado pelo escritório de contabilidade de sua confiança é que eles orientem sobre onde e como guardar os documentos. E em muitos casos, como aqui na Contabilidade Sem Fronteiras, o escritório contábil pode ainda auxiliar na ordem exata de guarda para que seja facilitada qualquer consulta.

Em geral, os documentos que devem ser guardados pela empresa são os documentos da constituição da empresa, como o registro de firma individual e/ou contrato social e os registros em todas as repartições fiscais, como o CNPJ e o alvará de funcionamento.

Também devem ser mantidos, depois de efetuados os devidos lançamentos fisco-contábeis, todos os documentos referentes à atividade. Eles devem retornar à empresa logo após sua utilização pela contabilidade:

  • Notas fiscais de compras
  • Despesas gerais (água, luz, telefone)
  • Talonários de vendas
  • Guias de recolhimento de todos os tributos
  • Extratos bancários
  • Livro ou ficha de registro dos empregados
  • Registros de ponto dos funcionários, para averiguação do Ministério do Trabalho
  • Contrato de prestação de serviço entre a contabilidade e a empresa
  • Livros fiscais e contábeis

6. Quem deve pagar os impostos?

O escritório contábil que você contratar nunca deve pagar contas de sua empresa. A assessoria é responsável por orientar e emitir as guias de impostos à empresa, mas é o dono do negócio quem deve cuidar do pagamento.

Essa prática antiga de o escritório contábil realizar o pagamento e repassar o custo ao empreendedor é fortemente rechaçada pelo CFC – Conselho Federal de Contabilidade uma vez que causa sérios problemas fiscais e contábeis à empresa.

Se você, empresário, notar irregularidades no serviço de contabilidade, ele pode denunciar o escritório ao Conselho Regional de Contabilidade (CRC), fazer a rescisão do contrato e procurar outro escritório contábil para a sua Assessoria Contábil.

Se você busca um escritório contábil em que possa confiar e que tenha preço justo em seus honorários, você pode contar com a Contabilidade Sem Fronteiras. Clique nos links abaixo e peça já um orçamento sem compromisso!

ABERTURA DE EMPRESA      |       ASSESSORIA MENSAL      |     ORÇAMENTO IRPF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *